Search
  • Armazém Mauá

A nossa história

Vamos começar do início? Conheçam a padeira:

Roberta Cabral.

Publicitária de formação, padeira de coração e apaixonada por comer bem.

Roberta sempre foi íntima da cozinha e sua fome pelo conhecimento culinário nunca foi saciada. Seja viajando através de livros, receitas ou até mesmo lugares, ela sempre buscou explorar o mundo por uma perspectiva diferente: a comida.

Nascida em Londrina, libriana, empreendedora, sempre foi uma pessoa apegada às memórias e nostalgias da infância. Com grandes influências da culinária portuguesa, alemã e italiana, que foram lhe acompanhando e encantando ao decorrer de sua trajetória. Roberta nunca pensou duas vezes quando o assunto é comida boa – “porque deixar para amanhã o que você pode experimentar hoje?”.



Sua sala e quarto levam qualquer entusiasta à loucura.

Estantes repletas de livros sobre a culinária brasileira, mediterrânea, francesa; livros sobre panificação, confeitaria e receitas; livros que contam curiosidades de como a alimentação está intrinsicamente relacionada à cultura, como o surgimento do garfo e a faca, por exemplo.

Em 2013, se deparou com uma decisão importante: se despedir de uma etapa da sua vida para dar espaço a uma nova aventura com novos olhares, novas vontades e novos sonhos. Visconde de Mauá tornou-se casa, escritório, férias, trabalho e tudo o que tinha direito, inclusive, o Armazém Mauá – uma curadoria gastronômica da Serra da Mantiqueira.





Visconde de Mauá


Seu principal propósito, através da curadoria e práticas do Armazém, é de resgatar a conexão com o alimento através de processos que impactem positivamente os âmbitos social e ambiental.

Entenda como:

A curadoria se tornou um meio de descobrimento de novos sabores na região, assim como produtores, que são selecionados à dedo pela Roberta.

Este formato permite um fortalecimento econômico e visibilidade da cadeia de produção artesanal local, uma vez que, além da venda do produto, a padeira teve como desejo compartilhar as identidades e histórias dos produtores-parceiros através das plataformas digitais.

Se tratando do impacto ambiental, leva-se em consideração que a cadeia artesanal de produção respeita muito mais o processo natural não só do alimento, mas principalmente do meio ambiente. Além da priorização de embalagens biodegradáveis e reutilizáveis.

E os sabores descobertos não param apenas nos produtores locais.

O que não é produzido por eles, é desenvolvido pelas próprias mãos da padeira.

O Armazém Mauá foi desenhado e construído para você desvendar, através do paladar, o que há de melhor na Serra da Mantiqueira.

“Me encontrei aqui, moradora de outras épocas, finalmente em casa. Desejo à você a mesma sensação de pertencimento.” Roberta Cabral

Recent Posts

See All